Reflexões, notas, impressões, apontamentos, comentários, indicações, desabafos, interrogações, controvérsias, flatulências, curiosidades, citações, viagens, memórias, notícias, perdições, esboços, experimentações, pesquisas, excitações, silêncios.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Improptus interruptus

quevaco promulgou a lei que. olha os esponsais a registar-se, a apanharem com arroz! ó carolino, ó ai meu bem! cromossomos iguaizinhos. é dos regulamentos, já se sabe. a lei que permite. essa grande potestativa. o solo desbragado das uniões sacramentadas. tiroliroliro, ó ai meu bem! os banhos anunciados. a natureza em toda a sua glória. passando ao lado. louçamente. que corropio! as muitas e mais que muitas desvairadas gentes. as muitas várias pessoas. dos mesmos sexos. respigadores da certidão. ou  mesmo diferente. ou o contrário. ou do mesmo. mas com músicas diferentes. corram, marias rapazes! é de lei. oh, que saudades da pipi das sardas. perna ao léu, costureirinhos! avante, raparigos! que o sol e tal. sim, a pipi das meias mais que altas. tão altas que tocam o cume de um registo. a lei que assim. quevaco levita. não quer confusões em casa de pobre. e não é que tem razão?

1 comentário:

  1. é pá, eu sou a favor, mas tá com piada lol

    ResponderEliminar